Cemig instala aquecedor solar em casas populares
2007-11-05

A Cemig vai instalar, até o final de 2007, sistemas de aquecimento solar em 403 residências populares de Minas Gerais. Estas ligações encerram a segunda etapa do programa, que já instalou o equipamento em 345 residências de Betim e 200 de Divinópolis. Até dezembro, recebem os sistemas de aquecimento solar: 164 moradias populares em Pouso Alegre, 77 em Itatiaiuçu, 60 em Piedade de Caratinga , 52 em Conquista e 50 em Dores do Campo.

Na primeira etapa do projeto, entre 2002 e 2006, foram instalados 1.126 sistemas no Estado. Para a terceira etapa, aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel, está prevista a instalação de outros mil equipamentos nas cidades de Belo Horizonte, Bocaiúva, Candeias, Formiga e Prudente de Morais, em 2008. 

Iniciado em 2002, o projeto Aquecimento de Água com Energia Solar em Conjuntos Habitacionais já beneficiou 1.671 famílias. Essa iniciativa, pioneira no País, é uma parceria da Cemig com a Companhia Habitacional do Estado de Minas Gerais - Cohab/MG e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana - Sedru.

Por meio do sistema de aquecimento solar, o consumo das famílias beneficiadas é reduzido em 52 kWh por mês, representando uma economia média de 40% do consumo total de energia do cliente. Além disso, há uma diminuição da demanda no horário de ponta, possibilitando alívio de carga nos sistemas elétricos com altos carregamentos. De acordo com o coordenador do projeto, Davidson Andreoni Rocha, da Cemig, a demanda de ponta reduz, aproximadamente, 1.010 kW, provocando queda de 1.383 MWh/ano do consumo.

Com o projeto, a Cemig foi a vencedora do Prêmio Ambiental Ponto Terra - Minas 2007, na categoria empresa. A premiação, realizada pela Organização Ponto Terra, aconteceu durante a 7ª Conferência Latino-Americana sobre Meio Ambiente e Responsabilidade Social - Ecolatina 2007. "Para a Cemig, uma conquista de tamanha magnitude mostra que estamos no caminho certo quando investimos em ações que promovem a sustentabilidade", destaca o coordenador.

A Cemig vem pesquisando a tecnologia dos aquecedores solares desde 1986. Por isso, estimula a melhoria dos equipamentos, apóia a pesquisa e já viabilizou mais de 7 mil m2 de coletores solares.

Detalhes do projeto


O projeto é voltado para conjuntos de casas populares construídas pela Cohab/MG, com consumo médio de 150 kWh/mês, localizadas em regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano - IDH e onde possa haver problemas de sobrecarga do sistema elétrico local.

Os equipamentos do sistema de aquecimento solar, cujo custo para aquisição e instalação é, em média, de R$ 1,5 mil, são doados pelas Cemig e substituem principalmente os chuveiros elétricos. A capacidade é de 200 litros de água aquecida, suficientes para abastecer cinco banhos diários. Nos dias mais frios, os sistemas podem funcionar fora do horário de ponta, entre 18 e 22 horas, com o auxílio de chuveiros elétricos de baixa potência.



Todas Notícias
Visite nosso showroom: Av. Presidente Tancredo Neves, 2501.
Bairro Castelo – Cep: 31.330-430 – Telefone (31) 3476-7733